Elevador de bicicletas

Novo modelo de tranca para bikes desenvolvido pela empresa alemã Conrad. Com um sistema de rodas de skate e controle remoto, além de prender a bike, você a  eleva  em um poste, deixando livre das mãos de enxeridos, picaretas e qualquer outra sorte de pequenos ou grandes infratores da lei.

Pra quem é curioso em saber como a engenhoca foi concebida, vale o vídeo abaixo:

Só não vale alguém colocar uma bike embaixo da sua…

Anúncios

Bike décor

No móvel da sala

Puma bike series

Bike de carga, dá até pra fazer supermercado

Dobráveis: aro 26…

… e aro 20, com ou sem bagageiro dianteiro

Roda fixa: minhas preferidas!

Aro 26, masculina e feminina, com ou sem bagageiro dianteiro

Para ver mais modelos é só clicar: http://www.kibisi.com/projects/biomega-puma-bike-series

Cenário

Foto: Cecília Estella

Em Tiradentes (MG). Detalhe para a placa da Prefeitura no paralama da bicicleta (clique na foto para ampliar). Alguém identifica o modelo?

Quando menos é mais – reflexões sobre as viagens de bicicleta

 

Almoço em cicloviagem pelo Nordeste em 2009: sombra e água fresca.

As viagens de bicicleta (como outros tipos de viagens) podem ser planejadas das mais diversas maneiras. A idéia é fazer de acordo com o estilo do viajante. Vou colocar aqui algumas reflexões que estão longe de ser unanimidade, mas é como venho me percebendo após muitas pedaladas, longos passeios e 2 cicloviagens com pernoite (acima de 3 dias).

Quando menos é mais

Essa é a frase que tem regido minhas viagens. Gosto muito de fazer longas pedaladas (80, 100, 150km), e isso resultou em alguns conflitos em minhas viagens. Como tinha a cabeça do pedal longo, não me sentia a vontade em pedalar  “apenas” 40, 30km em um dia de viagem.

Minha ultima cicloviagem foi um exemplo disso. Esticar a viagem de ônibus ao invés de pedalar um dia debaixo de chuva parece uma decisão óbvia, mas não pra quem é fominha de pedal. Tomei essa decisão com medo de me arrepender. Mas quando ganhei um dia inteiro para pedalar por Araxá, percebi o que estaria “perdendo” se passasse o dia inteiro debaixo de chuva numa BR sem acostamento.

Na minha primeira viagem, troquei o ultimo dia pedalando por um passeio de buggy (maravilhoso!) de Camocim até Jericoacoara (CE). Mas isso porque estava com o pé machucado e queria de qualquer maneira chegar em Jeri pedalando.

No meu caso, trabalhar o meu orgulho foi o primeiro passo pra começar a curtir mais as viagens. Pedalar menos, ir mais devagar, descer da bike e empurrar são questões sérias pra alguns ciclistas. Tenho experimentado o processo, as vezes à força (uma chuva torrencial ou um pé machucado) e outras já me acostumando com essa nova filosofia: algumas cicloviagens são diferentes de pedaladas/treinos mais regulares.

 

As vezes, empurrar é preciso...

Pedalei 100km em uma estrada de asfalto de Araxá até Jaguara, mas se tivesse  tempo gostaria muito mais de ter 2 dias pra fazer por estradas de terra, parando mais, curtindo o visual, tirando mais fotos, conhecendo mais o lugar e as pessoas.

Vou tentar para as próximas viagens fazer isso. Alternar alguns dias com “esticadas”, e outros, se o trajeto for interessante e permitir, fazer trechos menores e curtir mais os locais de parada (inclusive ficando mais de um dia).

Não tem receita de bolo: cada decisão leva a um caminho diferente. Resta descobrir qual você prefere.

Bicicleta Elétrica

Bike elétrica da marca Lev no bairro das Laranjeiras, Rio de Janeiro.

Burn baby, burn!!

Vídeo da NeilPryde Bikes. Quente!

Vintage bikes

Recebi o link desse site da amiga Camila (que acertou na veia). Estou impressionado com as bikes maravilhosas da loja Adeline Adeline, de Nova Iorque. Várias inspiradas em modelos vintage, muitas delas com peças artesanais, coisa exclusivíssima e alto nível. É pra perder (ou ganhar) umas boas horas pesseando pelo site e babando nas magrelas (e nos acessórios da loja, indecentes!). Minha preferida é a primeira, uma Linus modelo Roadster Sport. A última, chamada Klaus, da Retrovelo, estampa o cabeçalho do blog em novembro.

O slogan da loja diz tudo:  a very nice bicycle shop!

 

Mais visitados

  • Nenhum
%d blogueiros gostam disto: