Quando Deus quer é assim

A caminho da praia de Maracajaú (RN)

Anúncios

The Suburbs

Estou de volta.

E nada melhor do que música para o retorno das férias. Estava assistindo à MTV quando vi esse ótimo clipe da banda Arcade Fire, que ainda não conhecia. A música é The Suburbs, e retrata os típicos subúrbios norte-americanos, com ruas largas e casas sem muros. Lembrei muito da cena da bicicleta do filme E.T., já postada aqui no blog.

Bom passeio!

The Suburbs

In the suburbs, I
I learned to drive
And you told me I’d never survive
Grab your mother’s keys we’re leaving

 

You always seemed so sure
That one day we’d be fighting
In a suburban war
Your part of town against mine
I saw you standing on the opposite shore
But by the time the first bombs fell
We were already bored
We were already, already bored

 

Sometimes I can’t believe it
I’m moving past the feeling
Sometimes I can’t believe it
I’m moving past the feeling again

 

The kids want to be so hard
But in my dreams we’re still screaming
And running through the yard
When all of the walls that they built in the 70’s finally fall
And all of the houses they built in the 70’s finally fall
Meant nothing at all?
It meant nothing at all,
It meant nothing

 

Sometimes I can’t believe it
I’m moving past the feeling
Sometimes I can’t believe it
I’m moving past the feeling into the night

 

So can you understand
Why I want a daughter while I’m still young?
I want to hold her hand
And show her some beauty,
before all this damage is done
But if it’s too much to ask
If it’s too much to ask
Then send me a son

 

Under the overpass
In the parking lot we’re still waiting
It’s already past
So move your feet from hot pavement
And into the grass
‘Cause it’s already past
It’s already, already past

 

Sometimes I can’t believe it
I’m moving past the feeling
Sometimes I can’t believe it
I’m moving past the feeling again
I’m moving past the feeling
I’m moving past the feeling

 

In my dreams we’re still screaming
We’re still screaming
We’re still screamin

 

Pedalando na calçada da fama


Sean Connery

Sophia Loren

Clark Gable, sem as mãos!

O site Rides a Bike tem uma boa quantidade de belas fotos de artistas em suas bicicletas.

Eu escolhi as de Sean Connery, Sophia Loren (linda!) e Clark Gable pedalando. E você? Qual prefere? Vai lá e escolha a sua.

P.S. – Ia colocar também uma dos Beatles, mas no ano passado, na ocasião do Dia Mundial do Rock, o blog postou fotos dos Fab Four e de outros rockeiros em suas bicicletas.

Tandem Bikes

Com algum atraso pelo clima de férias, eis o cabeçalho de Janeiro: uma bike tandem (aquelas de dois ou mais lugares) numa foto antiga, com a pose caprichada dos ciclistas. Pena não conseguir precisar a data…

Tesouro da Juventude

Meu “amigo do peito” Barba, colaborador do blog, me enviou esse vídeo da música “Tesouro da Juventude”, do Beto Guedes. Tema perfeito para o primeiro post sobre música do ano, ele fala sobre sua juventude em cima de uma magrela. Me identifiquei bastante com a música. Valeu cumpadre!

Só aumentar o volume!

 

Tesouro da Juventude
Beto Guedes
Composição: Tavinho Moura e Murilo Antunes

 

A pedalar
Camisa aberta no peito
Passeio macio
Levo na bicicleta
O meu tesouro da juventude
Passo roubando fruta de feira
Passo a puxar meu estilingue
Vai pedra certeira no poste
Passa um veterano
E já cansado
Herói de guerra
Grito: Lá vem a bomba!
E meu tesouro me leva
Pelas ruas de Santa Teresa
A pedalar
Encontro amigo do peito
Sentado na esquina
Pula, pega garupa
Segura o bonde ladeira acima
Ganha o meu tesouro da juventude
Ainda que a cidade anoiteça
Ou desapareça
Piso no pedal do sonho
E a vida ganha mais alegria
Ganha o meu tesouro da juventude
Que foi em Pedra Azul
E em toda parte
Onde tive o que sou

 

1º de Janeiro

Já estava nos meus planos pedalar no 1º dia do ano, pra dar uma relaxada e chamar coisas boas pra 2011. Pensei numa volta na Lagoa da Pampulha ou algum passeio mais longo pela cidade. A chuva e o mau tempo me fizeram mudar de idéia, e acabei fazendo um vai-e-vem tradicional na Avenida dos Andradas, quando a água deu uma trégua.

Apesar do tempo nublado e do percurso mais do que batido, o primeiro pedal do ano teve um momento colorido… e doce!

Um feliz 2011 a todos!

Mais visitados

  • Nenhum
%d blogueiros gostam disto: