Knog

 

Essas fotos foram tiradas do blog da Knog, uma loja de bikes na Austrália. Com inspiração no estilo urbano, abusa dos acessórios e tem cada bike roda fixa (sem marchas) de tirar o chapéu.

Site: http://www.knog.com.au/

Blog: http://blog.knog.com.au/

Arrasando no freestyle

Um vídeo muito bom pro fim de semana! Enquanto muitos profissionais arrasam no bmx freestyle, olha o que esse cara faz com essa bike!

Demais!

Bicicletárvore

Mais uma experimentação ciclística européia. Vejam que legal a idéia desse bicicletário, com o sugestivo nome de Bike Tree. Funciona com energia solar, e pode ser usado também com sistema de bicicletas comunitárias.

Um vídeo do funcionamento

Site oficial: http://www.biketree.com/

Divulgando… pro pessoal de BH

Exposição recebe dupla de ciclistas para lançamento de livro

Nessa sexta-feira, 25/03 acontece o lançamento do livro “De Pedais e de Encantos”, do catarinense Alinde Korsett, sobre uma viagem de bike realizada em 2006, na companhia da paulista La Osnofa. O casal também irá mostrar fotos e dois vídeos desta segunda viagem, que os traz a Minas. A jornada atual começou em janeiro de 2009, em Florianópolis, e já percorreu Montevidéo, Buenos Aires, Santiago, Arica (sul do Peru), Bolívia, Mato Grosso e Goiás.

Local: Ystilingue – Edifício Maletta – avenida Augusto de Lima, 233, sobreloja 35, Centro // Horário: sex., 20h // Entrada: gratuita

Mais informações: http://mixsordia.com/semana/?p=7003

Estilo. Muito estilo!

Quando cliquei essa bike em Canela (RS) fiquei louco. Olha só que demais o RTA (recurso técnico alternativo, muitas vezes chamado depreciativamente de “gambiarra”) que o dono dessa bicicleta fez. Ele aproveitou o bagageiro e soldou um banco acolchoado grande. Detalhe também pro mecanismo de suspensão. Indecente!

Espelho retrovisor

Taí um acessório que pouquíssimas pessoas usam, mas eu considero de extrema importância tanto pro uso urbano quanto pra quem pega estrada. Alguns acham que é muito feio, e outros que os modelos para bike não resolvem. Obviamente pra mim a segurança vem sempre em primeiro lugar, e deixo a estética em segundo plano.

Sempre senti falta de um retrovisor na bike. Percebia durante minhas pedaladas pela cidade, que nem sempre as olhadas pra trás eram suficientes e seguras. Apesar disso, demorei muito para comprar um. Antes por comodismo, e depois, por uma baita dificuldade de achar o modelo desejado. Alguns usam retrovisores de moto nas bikes, mas achei muito grande. Outros são modelos pequenos, fixados nos capacetes, mas não me interessaram muito. Então, conversando nas listas de discussão na internet, descobri o Cateye BM300g, muito bem recomendado por todos que usaram.

 

Demorei mas achei: Cateye BM300g

Difícil mesmo foi achar nas lojas. Impressionante, mas não encontrei nem em BH nem no Rio. O jeito era comprar pela internet, mas acabei aproveitando uma passagem por Sampa no fim de semana depois do Carnaval, e comprei logo 2 de uma vez (foi tão difícil encontrar que achei por bem ter um reserva) na Sport Star Bikes.

Vou ver se instalo ele essa semana e posto aqui as fotos e impressões das pedaladas.

Mountain Bike no deserto

Teaser do filme “Where de trail ends”, que será lançado em 2012. O filme mostra uma bike trip para o deserto de Gobi, na China. As imagens são fantásticas!

BMX fora da lei

Rua Coberta, em Gramado (RS): brincadeira do fotógrafo...

... e do ciclista. Fotos: Cecília Estella.

Andando por Gramado vi alguns grupos andando de BMX e bikes no estilo trial (banco baixo, pneus largos, geometria de quadro que lembra modelos femininos, com o tubo horizontal mais baixo perto do tubo do selim).

Na brincadeira acima, preservamos a imagem do ciclista que passeava pela Rua Coberta. O BMX, como esporte “radical”, sempre contestador… hehehe

Caloi Barra Forte

Quem tem de 30 anos pra cima tem grande chance de já ter pedalado uma dessas. Cliquei essa bike clássica em um buteco de Gramado. Linda, muito bem conservada, com o tubo horizontal do quadro acolchoado. Há muitos anos atrás tínhamos em casa um modelo parecido (um pouco mais novo), vermelhinha, linda demais. As “barra forte” são modelos de extrema resistência, muito utilizadas até hoje, especialmente como bikes de carga.

Bicicletas em Gramado

Estive agora passeando por Gramado(RS), e aproveitei pra fazer uns passeios de bike. A cidade tem empresas que alugam bicicletas (R$ 20 a diária), além de fazer alguns passeios e roteiros sobre duas rodas. Muitos hotéis também disponibilizam bicicletas para os hóspedes. Nós aproveitamos essas magrelas amarelinhas para um passeio muito bacana pela cidade, passando pelo Lago Negro.

No caminho, muitas flores.

Na rodoviária, só empurrando.

No Lago Negro, na versão pedalinho...

...e natural. Foto: Cecília Estella

Durante a viagem clicamos uma porção de bikes, que vou colocando aqui aos poucos.

Entradas Mais Antigas Anteriores

%d blogueiros gostam disto: