Cyclotrope

Muito legal a animação Cyclotrope, que o artista Tim Wheatley faz na roda da bicicleta. Curtição total!

[vimeo http://vimeo.com/21016797]

No canal dele no vimeo você pode ver outras animações do projeto.

*     *     *

Lembrando que amanhã sairá o ganhador do livro “Diários de Bicicleta” do David Byrne! Você tem até as 23:59 de hoje para deixar seu comentário (neste link) e concorrer ao livro. Boa sorte!

 

Anúncios

Sorteio de livro – Diários de Bicicleta (encerrado)

***Update: Os comentários estão encerrados. Obrigado a todos por terem participado! De acordo com o random.org, o ganhador do livro é o Tom Coyot! Gostei da brincadeira. Quem sabe no futuro não venham outros sorteios… Então boas pedaladas e até os próximos!

É isso aí!

Pra comemorar 2 anos de blog e o Dia Mundial Sem Carro, vamos sortear um exemplar novinho do livro “Diários de Bicicleta”, do David Byrne!

Pra quem não conhece, Byrne esteve na última FLIP divulgando o livro. Veja a descrição do site da Saraiva:

Desde o início dos anos 80, David Byrne tem usado a bicicleta como principal forma de locomoção em Nova York, cidade onde vive. Quando viaja ou sai em turnê, ele sempre leva consigo uma bicicleta dobrável. A princípio, tal decisão foi tomada por mera conveniência. No entanto, quanto mais cidades visitava, mais o músico se tornava adepto desse meio de transporte e da sensação de liberdade que ele proporciona. Diários de bicicleta é a reunião de vários escritos do autor ao longo dos últimos anos – de Berlim a Buenos Aires, de Istambul a São Francisco, de Manila a Nova York, entre outras. Num estilo despojado que passeia entre ensaio, relato de viagens, diário pessoal e álbum de fotos, David Byrne registra também suas reflexões sobre uma variedade de assuntos: política, filosofia, música, planejamento urbano, moda, arquitetura local, diferenças culturais, sexualidade, entre outros, sempre com uma mistura muito particular de humildade, curiosidade e bom humor. David Byrne é mundialmente conhecido por seu trabalho como músico à frente do Talking Heads, banda cult dos anos 80, e por seus álbuns solo e em parceria com Brian Eno, como Everything that happens will happen today, um das colaborações mais recentes. Sob o selo independente Luaka Bop, Byrne foi o responsável por distribuir internacionalmente grandes nomes do que se convencionou chamar de world music (entre os artistas brasileiros, lançou trabalhos de Tom Zé, Yoñlu, +2 e Os Mutantes). Além da música, o artista também encabeça uma série de projetos nas artes plásticas, no teatro e no cinema, colaborando com nomes como Caetano Veloso, Marisa Monte, Thwyla Tharp, Robert Wilson, Jonathan Demme e Bernardo Bertolucci. Nascido em Dumbarton, na Escócia, em 1952, David Byrne frequentou a Rhode Island School of Design e o Maryland Institute College of Art. Atualmente, vive em Nova York.

Me identifiquei muito com esse livro. Pra quem gosta não só de pedalar, mas de trocar idéias sobre bicicletas, cidades, arte… recomendo a leitura!

Pra participar é muito fácil. Você só tem que:

  1. Curtir a página do “Até Onde Deu pra Ir de Bicicleta” no Facebook (aí do lado direito do blog, ó —>)
  2. Deixar um comentário neste post.

Pronto, você já está concorrendo ao sorteio!

Se quiser aumentar suas chances, você ainda pode ganhar até 2 comentários extras. Veja como:

  • Divulgue o sorteio no seu blog ou twitter, colocando aqui nos comentários o link da divulgação (esse será o seu comentário extra).
  • Para divulgar no twitter, escreva a seguinte frase: sorteio no blog do @AndreSchetino! Eu quero! – http://wp.me/px4O0-x8
Você tem do dia 14/09 ao dia 21/09 para deixar seu comentário. Os comentários serão numerados e o ganhador será escolhido através do random.org. O resultado do sorteio será divulgado no dia 22/09, Dia Mundial Sem Carro. O vencedor será contactado por email e tem 48hs para se manifestar. Caso contrário, outra pessoa será sorteada.
Boa sorte a todos, boa leitura e boas pedaladas!

Bicicletada à fantasia

Vídeo lindo da Bicicletada à fantasia realizado em São Paulo no dia 25/03.

Video: Videocubo.

Aliás, acabei de ver que foram eles que fizeram também o vídeo Plano B, da Caloi, que já foi postado aqui no blog.

Demais!

Pra quem não conhece a bicicletada é só clicar no link: http://bicicletada.org/tiki-index.php

Freddie Mercury Google Doodle

Quem entrou no site do Google ontem viu um logo homenageando a independência do Brasil. São os chamados “doodles”, e tem se tornado bem populares. No último dia 04/09, a empresa fez um divertido doodle animado, para celebrar o que seria o 65º aniversário de Freddie Mercury.

Achei fantástico! Podemos além de ouvir a voz maravilhosa de Mercury, curtir homenagens animadas a diversos sucessos, como “I Want to Break Free” e “Bicycle Race”, uma das música de bicicleta mais famosas do mundo. Vejam o que acontecia ao clicar sobre a logo:

Demais!

Aliás, o videoclipe de Bicycle Race foi um dos primeiros posts do blog, em maio de 2009. Para assistir é só clicar aqui.

Camper bike

Essa é pra quem leva a casa nas costas.

A Camper Bike é um projeto do artista Kevin Cyr, de abril de 2008. Para mais fotos e imagens basta clicar aqui.

Via Kevin Cyr.

Vive Le Tour!

Um filme fantástico do Tour de France 1962, de Louis Malle. Mostra de forma linda a força da cultura do ciclismo da França. A ficha técnica do filme você pode ver aqui.

Do blog praquempedala.

Kraftwerk – Tour de France

O Tour de France 2011 terminou no último dia 24 com a vitória do australiano Cadel Evans.

Pra homenagear a mais importante prova do ciclismo mundial, neste mês de agosto o cabeçalho do blog é a capa do disco Tour de France, da banda alemã Kraftwerk. Já fiz um post sobre esse álbum, que é nota dez!

“Write a bike”

Do diretor artístico Juri Zaech, “escreva uma bicicleta”. Meu nome fica fácil de imaginar, tá quase aí!

Bicicleta, História e curiosidades

Infelizmente não puder ir na exposição, fiquei com água na boca! Mas a Ciça foi e tirou muitas fotos e vídeos. Abaixo, algumas delas, inclusive da Schwin infantil 1961, que ilustra o cabeçalho de julho do blog. Só bikes lindas!

BSA 1957. Foto: Cecília Estella

Schwinn 1947. Foto: Cecília Estella

Schwinn infantil, 1961. Foto: Cecília Estella

Bicicleta meia roda

Da série: “esses inventores fantásticos e suas bicicletas maravilhosas”

 

 

Muito criativo!

Entradas Mais Antigas Anteriores

Mais visitados

  • Nenhum
%d blogueiros gostam disto: