Sorteio de livro – Diários de Bicicleta (encerrado)

***Update: Os comentários estão encerrados. Obrigado a todos por terem participado! De acordo com o random.org, o ganhador do livro é o Tom Coyot! Gostei da brincadeira. Quem sabe no futuro não venham outros sorteios… Então boas pedaladas e até os próximos!

É isso aí!

Pra comemorar 2 anos de blog e o Dia Mundial Sem Carro, vamos sortear um exemplar novinho do livro “Diários de Bicicleta”, do David Byrne!

Pra quem não conhece, Byrne esteve na última FLIP divulgando o livro. Veja a descrição do site da Saraiva:

Desde o início dos anos 80, David Byrne tem usado a bicicleta como principal forma de locomoção em Nova York, cidade onde vive. Quando viaja ou sai em turnê, ele sempre leva consigo uma bicicleta dobrável. A princípio, tal decisão foi tomada por mera conveniência. No entanto, quanto mais cidades visitava, mais o músico se tornava adepto desse meio de transporte e da sensação de liberdade que ele proporciona. Diários de bicicleta é a reunião de vários escritos do autor ao longo dos últimos anos – de Berlim a Buenos Aires, de Istambul a São Francisco, de Manila a Nova York, entre outras. Num estilo despojado que passeia entre ensaio, relato de viagens, diário pessoal e álbum de fotos, David Byrne registra também suas reflexões sobre uma variedade de assuntos: política, filosofia, música, planejamento urbano, moda, arquitetura local, diferenças culturais, sexualidade, entre outros, sempre com uma mistura muito particular de humildade, curiosidade e bom humor. David Byrne é mundialmente conhecido por seu trabalho como músico à frente do Talking Heads, banda cult dos anos 80, e por seus álbuns solo e em parceria com Brian Eno, como Everything that happens will happen today, um das colaborações mais recentes. Sob o selo independente Luaka Bop, Byrne foi o responsável por distribuir internacionalmente grandes nomes do que se convencionou chamar de world music (entre os artistas brasileiros, lançou trabalhos de Tom Zé, Yoñlu, +2 e Os Mutantes). Além da música, o artista também encabeça uma série de projetos nas artes plásticas, no teatro e no cinema, colaborando com nomes como Caetano Veloso, Marisa Monte, Thwyla Tharp, Robert Wilson, Jonathan Demme e Bernardo Bertolucci. Nascido em Dumbarton, na Escócia, em 1952, David Byrne frequentou a Rhode Island School of Design e o Maryland Institute College of Art. Atualmente, vive em Nova York.

Me identifiquei muito com esse livro. Pra quem gosta não só de pedalar, mas de trocar idéias sobre bicicletas, cidades, arte… recomendo a leitura!

Pra participar é muito fácil. Você só tem que:

  1. Curtir a página do “Até Onde Deu pra Ir de Bicicleta” no Facebook (aí do lado direito do blog, ó —>)
  2. Deixar um comentário neste post.

Pronto, você já está concorrendo ao sorteio!

Se quiser aumentar suas chances, você ainda pode ganhar até 2 comentários extras. Veja como:

  • Divulgue o sorteio no seu blog ou twitter, colocando aqui nos comentários o link da divulgação (esse será o seu comentário extra).
  • Para divulgar no twitter, escreva a seguinte frase: sorteio no blog do @AndreSchetino! Eu quero! – http://wp.me/px4O0-x8
Você tem do dia 14/09 ao dia 21/09 para deixar seu comentário. Os comentários serão numerados e o ganhador será escolhido através do random.org. O resultado do sorteio será divulgado no dia 22/09, Dia Mundial Sem Carro. O vencedor será contactado por email e tem 48hs para se manifestar. Caso contrário, outra pessoa será sorteada.
Boa sorte a todos, boa leitura e boas pedaladas!

Setembro: mobilidade urbana

Setembro é sempre um mês especial para o blog!

Assim como no ano passado, montei um cabeçalho bem bacana com algumas dicas do que vai rolar por aqui. No dia 22 é comemorado em diversas cidades do mundo o Dia Mundial Sem Carro. Um momento importante para reflexão sobre a mobilidade urbana, da qual a bike ocupa um papel importante.

E para comemorar a data e os dois anos desse blog que me dá tanta alegria, um de nossos assíduos leitores vai ganhar um exemplar do livro Diários de Bicicleta, do David Byrne! Na semana que vem vou postar os detalhes do sorteio, que vai rolar no dia 22.

Vamo que vamo que setembro promete!

Ah! Quer ver o cabeçalho do ano passado? Clique abaixo pra ampliar a imagem.

Divulgando… pro pessoal de BH

Exposição recebe dupla de ciclistas para lançamento de livro

Nessa sexta-feira, 25/03 acontece o lançamento do livro “De Pedais e de Encantos”, do catarinense Alinde Korsett, sobre uma viagem de bike realizada em 2006, na companhia da paulista La Osnofa. O casal também irá mostrar fotos e dois vídeos desta segunda viagem, que os traz a Minas. A jornada atual começou em janeiro de 2009, em Florianópolis, e já percorreu Montevidéo, Buenos Aires, Santiago, Arica (sul do Peru), Bolívia, Mato Grosso e Goiás.

Local: Ystilingue – Edifício Maletta – avenida Augusto de Lima, 233, sobreloja 35, Centro // Horário: sex., 20h // Entrada: gratuita

Mais informações: http://mixsordia.com/semana/?p=7003

Hey ho, Silver!

Em 1899, o escritor francês Pierre Giffard já profetizava a supremacia das bicicletas no mundo em seu livro “La fin du cheval” (O fim do cavalo), de onde vem a ilustração acima.

Em 2010, o designer coreano Eungi Kim dá uma força para os saudosistas e une bicicleta e cavalo em uma idéia divertida: ele criou esse molde que é acoplado a bike, transformando-a em um garanhão, pônei, pangaré, ou o que mais a imaginação mandar!

Via design-milk.

Retrospectiva 2009 – Livros do ano

Bimestralmente, pedalando por palavras

JunhoCiclovias Cariocas

Agosto Le Cyclisme

Outubro A Ciclista Solitária

Livro do Mês – Outubro

Sherlock Holmes em: A ciclista solitária.

Seguindo a onda saudosista do último post, resolvi indicar aqui este conto que li na semana passada. Se as bicicletas já rodavam as cidades, é claro, já estavam também nas obras de artistas diversos, como os escritores. É o que mostra o conto do ano de 1905, do personagem mais famoso do escritor Syr Arthur Conan Doyle. Em A Ciclista Solitária, Sherlock Holmes utiliza de toda sua inteligência e seu método dedutivo para ajudar a Srta. Violet Smith, ciclista da cidade de Charlington. Smith relata ao detetive que diariamente, em seus passeios ou deslocamentos de bicicleta, é perseguida por um ciclista misterioso. Essa é a trama inicial que se desenrola até o desfecho surpreendente – como na maioria das histórias do detetive mais famoso do mundo. Quer saber como termina?

Elementar, meu caro Watson. O texto pode ser lido no link abaixo

http://sherlockholmesbr.vilabol.uol.com.br/aciclista.htm

“Mineiro que viajou o mundo de bicicleta lança livro em BH “

Pedal e educação.

Esse foi o objetivo do mineiro Argus Caruso que rodou o mundo de bike conciliando a aventura à um projeto pedagógico.  E agora lança seu livro:  “Caminhos – Volta ao Mundo de Bicicleta”. A reportagem é de Luisa Brasil – Portal Uai .

Foto retirada do Portal Uai.

Foto retirada do Portal Uai.

Livraria Travessa, às 11 horas .

Borá lá pedalando?

obs.: esse post é dica de uma grande amiga, valeu Mel.

Barba, paz.

Livro do Mês – Agosto

Le Cyclisme

Imagem004

Foto sobre a capa dura

Foto sobre a capa dura

Esse mês um livro internacional. Le Cyclisme é um livro antigo (de 1982) que traz textos pequenos (em francês) sobre assuntos variados e recheado de belas imagens. Bom inclusive pra quem está aprendendo ou querendno aprender a língua. Sem aprofundar muito sobre nenhum assunto, mas com informações valiosas, o livro faz um panorama sobre o esporte, nos seguintes capítulos:

1 – Nascimento e evolução da bicicleta

2 – A bicicleta moderna (com belas fotos de vários modelos e suas principais características)

3 – Um veículo e uma filosofia (com belos textos sobre pedalar)

4 – O ciclismo de longa distância (muito bom, fala sobre cicloturismo com ótimas dicas)

5 – O Tour de France (num livro em francês, não poderia faltar)

6 – As provas ciclisticas (sobre ciclismo de velódromo, mountain bike, bmx e provas de rua)

7 – Manutenção básica de bicicletas

O meu eu comprei tem uns 2 anos, na Livraria Leonardo da Vinci, no Rio de Janeiro, por 28 reais. Mas achei aqui no site da Livraria da Travessa, um pouco mais caro.

Livro do mês – Junho

Ciclovias Cariocas

CapaCC

Aproveitando que falei sobre pedalar no Rio de Janeiro em um post anterior, aproveito para indicar o belíssimo livro Ciclovias Cariocas. O livro mostra porque o Rio é a “Capital Nacional da Bicicleta”. Mais do que cidades que tenham proporcionalmente um maior número de bicicletas por habitante, ou cidades que implementem políticas para uso da bicicleta como meio de transporte, a cultura da bicicleta está fortemente enraizada na Cidade Maravilhosa. O livro traz um breve histórico sobre a história da bicicleta e sobre a criação das ciclovias, dicas de segurança para pedalar no trânsito, além de belas fotos e de um mapa detalhado dos 140kms de ciclovias da cidade.

A foto pequenina da capa foi retirada do site da ONG Transporte Ativo.

Bicicletas e livros, filmes e músicas…

É legal perceber como a bicicleta se relaciona com a sociedade desde o seu surgimento, e como a partir disso passa a ocupar diversas mídias e espaços. Pensando nisso tive a idéia (não muito criativa ou inovadora, mas com certeza muito divertida) de publicar mensalmente um post sobre livros, outro sobre filmes e outro sobre músicas, onde a bike seja tema marginal ou principal.

A regra é clara: tem que ter bike e tem que segurar a empolgação (apenas um post de cada por mês). Vamos tentar publicar sempre na primeira quinzena do mês. É só procurar pelas categorias (livros, filmes, músicas)

Nossa lista já está grande, mas sugestões são bem vindas!

%d blogueiros gostam disto: